Sempre em busca de facilitar o dia-a-dia de profissionais do varejo e aplicadores, disponibilizamos informações precisas sobre aplicações e manuais dos produtos Nakata. Escolha a forma que melhor atenda sua necessidade de modo a tornar sua consulta mais fácil e rápida.

  • Como verificar folgas em pivôs e terminais Freios

    Como verificar folgas em pivôs e terminais

    Nesta edição continuaremos a falar sobre pivôs de suspensão.
    Na próxima edição continuaremos com mais dicas sobre suspensão. Aguarde!
     
    Como verificar folgas em pivôs e terminais
     
    Alguns veículos permitem avaliar a folga quando estão suspensos. Nesses casos, segurando firme a roda e aplicando movimentos axiais e radiais fortes e rápidos, é possível avaliar o estado dos pivôs e terminais de direção, além da existência de folgas nos rolamentos de rodas.
     
    Substituindo os pivôs
     
    Nunca dê pancadas com marretas ou utilize maçaricos para remover pivôs. Essa prática deforma os furos cônicos e as bordas da contra – peça, podendo resultar em quebra do pino do pivô com o veículo em movimento. Utilize um sacador apropriado para cada aplicação.
     
    Procedimentos de instalação
     
    1. Confirme a aplicação no catálogo NAKATA.
    2. Observe se o furo da contra – peça está em perfeitas condições. Não pode estar alargado, deformado ou ovalizado. Nessas condições substitua também a contra – peça.
    3. Limpe o furo da contra – peça removendo indícios de areia ou terra.
    4. Remova o óleo de proteção da peça nova para evitar deslizamento rotacional do pino e possível soltura.
     
    Pivôs de embutir
     
    1. Nos pivôs de embutir, utilize dispositivos de apoio nas bandejas para não danificar as peças no momento de prensar.
    2. Não bata com martelo para não danificá-los.
    3. Não utilize nenhum tipo de lubrificante para facilitar a montagem.
    4. Atente para não danificar a coifa de proteção durante a montagem.
    5. Certifique-se da posição correta do pivô. Essas peças possuem estrias que permitem somente a primeira prensagem. Na segunda tentativa a peça ficará folgada e sem condições de uso.
    6. Nunca aplique carga com a prensa na região da tampa do pivô e no pino esférico. A carga deve ser aplicada na aba da carcaça forjada.
     
    Pivôs rebitados na bandeja
     
    Nakata 017
    Osasco, 12 de Dezembro de 2006
     
    1. Remova os rebites furando-os no centro com uma broca de 5 mm.
    2. Utilize uma talhadeira afiada para cortá-los.
    3. Na instalação utilize parafusos de aço fixando-os de cima para baixo. Se o alojamento do pivô na bandeja apresentar folga substitua também a bandeja.
     
    Pivôs com chaveta
     
    Sua característica construtiva apresenta forma oblonga o que determina o sentido pendular de trabalho do pino. Siga nossas orientações antes de proceder a instalação nos seguintes veículos:
     
    - Linha VW código de aplicação N 111 e N 112
     
    Montar a chaveta voltada para a frente do veículo para permitir o trabalho completo do pino na região oblonga. Se montar em outra posição a suspensão ficará travada ocasionando a quebra do pino.
     
    - Linha FIAT código de aplicação N 610 - Uno até 1993.
     
    A chaveta deve ser montada no sentido longitudinal do braço oscilante.
     
    - Linha GM código de aplicação N 306 N 324 pivô superior Opala.
     
    Suas abas de fixação são inclinadas para acompanhar a inclinação da bandeja superior. A montagem invertida limita o curso da suspensão causando desgaste prematuro do pivô e coifa de proteção.
     
    - Chevette - Código de aplicação N 312
     
    Sua construção permite alterar o ângulo de cambagem para positivo ou negativo, bastando girar a caixa do pivô 180º.
     
    Atenção! A quebra do pivô pode ocasionar sérios acidentes devido a perda de controle direcional do veículo.
     
    Caso você tenha algum comentário ou outra dica que gostaria de compartilhar conosco, entre em contato com o nosso S.A.C. (0800 707 8022) ou acesse www.nakata.com.br
     
    Serviços Pós Vendas
    Affinia Automotiva